Busca Avançada

Total de ONGs Cadastradas: 209

Vencedora do Edital de Microprojetos reforça material de divulgação

Ainda neste mês a Agência do Bem divulgará o resultado do edital do Primeiro Programa de Mentoria para Líderes Sociais e Comunitários. Apresentar um pouco das atividades e da história de outros projetos que participam da Rede de Organizações do Bem, e que também venceram editais anteriores, traz grandes exemplos de trabalhos na área social, incluindo iniciativas onde vidas podem ser salvas, literalmente.

Vencedor do IV Edital de Microprojetos, o Centro de Valorização da Vida tem 55 anos ininterruptos de atuação na prevenção do suicídio e apoio emocional de forma sigilosa e gratuita, com atendimento à população sempre feito exclusivamente por voluntários que passam por um processo de seleção e treinamento contínuo. A necessidade de um Data Show, tripé para banners e panfletos para realização de palestras e cursos, levou o projeto a participar do edital. Hoje este equipamento e material contribuem para apresentações em eventos e diversos locais, como escolas, empresas e feiras de saúde.

Em breve o CVV, com a cooperação técnica do Ministério da Saúde, possuirá uma linha pública de atendimento, pelo número 188, um telefone de apoio emocional sem custo de ligação. Por enquanto, o atendimento é realizado pelo 141 (24 horas), ao custo de uma chamada local, e também pessoalmente (nos 76 postos de atendimento), por Skype, chat, e-mail e cartas. Mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.200 voluntários, em 18 estados mais o Distrito Federal.

“O que fazemos é dar apoio emocional, valorizando a vida, por isto prevenimos o suicídio a todos que nos procuram através de qualquer meio de comunicação”, diz a porta-voz e coordenadora regional do CVV-COMUNIDADE, Maria das Graças Araújo, que complementa: “o nosso trabalho é totalmente sigiloso”. A instituição também possui outras iniciativas direcionadas a crianças e adolescentes, além de prestar apoio a pessoas que já tentaram o suicídio. Maiores informações podem ser obtidas no site da instituição www.cvv.org.br, bem como na página do Facebook.